Close

BETA VERSION OF THE PORTAL IS NOW AVAILABLE!

Visit the BETA version of the European e-Justice Portal and give us feedback of your experience!

 
 

Navigation path

menu starting dummy link

Page navigation

menu ending dummy link

Encontrar um perito forense


Como encontrar um perito forense nos países da UE


Exames forenses — o que são?

Exames de um objeto ou de uma situação que exigem conhecimentos especializados num determinado domínio, realizados por um perito forense (também conhecido como cientista forense ou perito em ciências forenses). Os tipos e as qualificações podem divergir de país para país.

Tipos mais comuns:

  • Exame de impressões digitais
  • Análise do ADN
  • Exame de documentos
  • Exame pericial de grafologia
  • Informática forense
  • Medicina legal
  • Psiquiatria forense
  • Balística
  • Toxicologia forense
  • Análise dos solos
  • Análise de vidros e pintura
  • Análise de acidentes rodoviários.

Os peritos forenses não interpretam a lei nem examinam as modalidades da sua aplicação. Na maioria dos países da UE estão ao serviço de uma instituição pública de ciências forenses ou operam a nível privado.

Obrigações e responsabilidades

A legislação nacional define as obrigações e as responsabilidades dos peritos forenses e estabelece o seu direito de realizar exames forenses. Na sua maioria, os países estabelecem requisitos (habilitações académicas, formação e/ou certificação) para o reconhecimento como perito forense e para a realização de exames forenses num determinado domínio.

Os resultados de uma análise forense são descritos em pormenor num relatório pericial forense (também conhecido por parecer de perito). No presente documento, os peritos forenses utilizam os resultados de um estudo científico ou o exame físico de um objeto ou de uma situação para fornecer respostas fundamentadas às perguntas formuladas pela pessoa responsável pelo processo (por exemplo, o investigador ou o Ministério Público) ou pelo juiz.

Os exames forenses podem ser realizados no contexto de um processo penal, administrativo ou civil, tanto no âmbito de um inquérito preliminar (normalmente a pedido do investigador ou do Ministério Público) como durante o inquérito judicial (a pedido do tribunal).

Encontrar um perito forense

  • A ligação abre uma nova janelaÁustria
  • República Checa: Não há qualquer base de dados de peritos forenses — os peritos trabalham geralmente no seio da polícia.
  • França: Não existe um registo nacional dos peritos forenses. Os tribunais de cassação franceses (Cour de Cassation) publicam A ligação abre uma nova janelalistas de peritos (que incluem todos os peritos judiciais, não apenas os peritos forenses) registados em cada tribunal de cassação.
  • A ligação abre uma nova janelaPaíses Baixos
  • Irlanda do Norte: Não existe um registo nacional oficial dos peritos forenses. Os peritos trabalham na A ligação abre uma nova janelaForensic Science Northern Ireland (FSNI) e a sua competência é mantida pela agência no quadro da acreditação de qualidade.
  • Roménia: Não existe atualmente na Roménia um registo oficial dos peritos forenses. No entanto, o Ministério da Justiça iniciou um projeto para criar um registo. Entretanto, o A ligação abre uma nova janelaMinistro da Justiça tem uma lista em formato PDF disponível A ligação abre uma nova janelaaqui.
  • A ligação abre uma nova janelaEslovénia: Existe um registo de todos os peritos de todos os tribunais, que inclui os peritos forenses nacionais.
  • Letónia, a Estónia e a Lituânia dispõem de um registo comum de peritos forenses - que pode ser consultado gratuitamente em inglês em:

As informações relativas a outros países da UE estão disponíveis dentro em breve.


Manutenção da página: Comissão Europeia. As informações constantes desta página não refletem necessariamente a posição oficial da Comissão Europeia. A Comissão declina toda e qualquer responsabilidade relativamente às informações ou dados contidos ou referidos no presente documento. Quanto às regras de direitos de autor aplicáveis às páginas europeias, queira consultar a «advertência jurídica».

Last update: 10/09/2018